Conselheiros de toda Bahia se encontram no II Fórum de Conselhos Municipais de Cultura

unnamed3

Conselheiros de toda Bahia se encontram no II Fórum de Conselhos Municipais de Cultura

Contribuir para fortalecer a cultura da Bahia por meio de uma rede de Conselhos Municipais de Cultura. Esse é o principal objetivo que será levado ao II Fórum de Conselhos Municipais de Cultura, que acontece entre 10 e 11 de setembro, no Centro de Cultura Amélio Amorim, em Feira de Santana, a 116 quilômetros de Salvador. O evento integra a programação do Encontro de Política e Gestão Culturais, que terá início no dia 09 (confira a programação completa).

O Conselho Estadual de Cultura da Bahia (CEC) é responsável por coordenar o Fórum de Conselhos Municipais. À frente do evento este ano está a vice-presidente do CEC, Normelita Oliveira, que terá como parceira na organização a também conselheira de cultura Alva Célia Medeiros. “O Fórum é um rico momento de diálogo entre os diversos conselheiros. Todos partilham dúvidas, angústias, vitórias e sonhos. É uma experiência que desperta ânimo para continuar os trabalhos nos municípios”, comenta Normelita.

Durante o encontro, o CEC  pretende estimular a criação de redes de comunicação entre os conselhos municipais e o estadual. O objetivo é estabelecer relação de diálogo mais frequente. “É o momento de intercâmbio cultural entre os conselheiros presentes para fortalecer a rede de conselhos municiais de cultura”, afirma a conselheira Alva Célia Medeiros.

PROGRAMAÇÃO – O Encontro de Política e Gestão Culturais, além de sediar o II Fórum de Conselhos Municipais de Cultura, terá em sua programação o VII Fórum de Dirigentes Municipais de Cultura da Bahia e o I Fórum de Legisladores da Cultura. A organização é da SecultBA, coordenada pela Diretoria de Territorialização da Cultura, que tem como diretor o conselheiro de cultura Sandro Magalhães.

No dia 10 de setembro, o conselheiro Sandro Magalhães estará como responsável pela oficina Formação em Política e Gestão Culturais. Ele dividirá a mesa com a superintendente de desenvolvimento de cultura da SecultBA, Taiane Fernandes. O objetivo é fornecer aos participantes as ferramentas básicas voltadas às políticas culturais adotadas no Brasil e na Bahia, com foco no debate acerca da gestão da cultura.

“Será um momento de formação e, em seguida, teremos plenárias que objetivam reunir agentes culturais, legisladores, conselheiros e dirigentes para tratar de um plano de ação para sua rede nos próximos anos”, explica Magalhães. A formação abordará as temáticas dos dez livros que compõem a Coleção Políticas e Gestão Culturais, lançada na V Conferência Estadual de Cultura da Bahia, em 2013.

O evento é direcionado para dirigentes municipais, legisladores (vereadores e deputados) e conselheiros de cultura, mas também será aberto à participação de pesquisadores e estudantes, artistas, produtores, agentes culturais e demais interessados. O conselheiro assinala que o curso é motivado pela necessidade de aprofundar como deve ser o processo de participação democrática da sociedade civil junto ao Estado, além de apresentar como acontece o processo de institucionalização da cultura, especialmente pela implementação do Sistema Estadual de Cultura.

As inscrições para o Encontro de Política e Gestão Culturais podem ser realizadas, gratuitamente, até a próxima sexta feira, 05, no endereçowww.encontropoliticaegestao.wordpress.com.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s