Ninfa Cunha é a nova coordenadora do Espaço Xisto Bahia

 

NINFAFotoDeoCarvalho

Foto: Déo Carvalho 

Um dos 17 centros culturais administrados pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, o Espaço Xisto Bahia tem nova coordenadora. A produtora cultural, relações públicas e dançarina-intérprete Ninfa Cunha, 47 anos, participou de um ato simbólico de boas-vindas com o secretário de Cultura da Bahia, Jorge Portugal, o superintendente de Desenvolvimento Territorial da SecultBA, Sandro Magalhães e o diretor de Espaços Culturais da Secretaria, Romualdo Lisboa, ao lado da equipe do Xisto na segunda-feira (21).

A nova coordenadora terá pela frente o desafio de gerir um dos mais importantes espaços cênicos de Salvador, reconhecido também pelo diálogo com as linguagens artísticas, principalmente os grupos de dança. Localizado junto a Biblioteca Pública da Bahia e às salas Walter da Silveira e Alexandre Robatto, o Xisto Bahia integra o Complexo Cultural da Biblioteca dos Barris. O espaço tem sala principal com 190 lugares, duas salas de ensaio, uma sala de reuniões, foyer e galeria. Em 2016, a SecultBA pretende torná-lo ainda mais acessível a todos os cidadãos. Para isso, a ideia é firmar parcerias com grupos de pesquisa, instituições especializadas em pessoas com deficiência, servidores do espaço, residentes, produtores e público.

 

“A nomeação de Ninfa é uma atitude acessível. Não adianta só fazer o prédio acessível, precisamos de atitudes acessíveis”, afirmou Jorge Portugal. O Xisto já possui um grande diferencial, que é a acessibilidade para palco e platéia, mas a intenção é transformá-lo em um espaço totalmente acessível. “Por isso a nomeação dessa guerreira pela acessibilidade é simbólica, para transformarmos o Xisto em um espaço referência”, declarou o secretário.

 

Para a nova coordenadora, o acesso da causa LGBT, negra, de pessoas com deficiência e idosos deve ser estendido até o palco, à produção, de forma a construir um novo fluxo de consumo cultural e atingindo a todas as camadas sociais existentes. Também participaram do ato simbólico de boas-vindas a Ninfa Cunha o diretor de Territorialização da Cultura, Vladmir Pinheiro, e a diretora de Cidadania Cultural, Luísa Saad.

 

Currículo – Ninfa Cunha é graduada em Comunicação Social – Relações Públicas pela UNIFACS e aluna especial do programa de Mestrado Cultura e Sociedade da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Usuária de cadeira de rodas, Ninfa é dançarina e produtora cultural, e faz palestras sobre arte-educação.

Com 16 anos de experiência como intérprete-criadora e dançarina interprete, foi segundo lugar no Festival Internacional Dança Bahia. É uma das fundadoras da Companhia de Dança Inclusiva RodArt. Já se apresentou em diversos estados brasileiros e participou de festivais como: Arte sem Barreiras, Ateliê de Coreógrafos Brasileiros e Viva Dança.

Como produtora, Ninfa foi responsável pela concepção e produção de sete edições do Casulo de Artes Inclusivas (2009-2015), do Perspectivas em Movimentos (2010) e da Semana Cultural Acessível (2015), entre outros.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s